Azione
Foto ilustrativa
 

A responsabilidade da inteligência feminina

A mulher do século 21 tem três deveres a cumprir: buscar o autoconhecimento, ter vontade de realizar o seu projeto e utilizar um método para atingir este objetivo.

Este foi o tema trabalhado por dezenas de mulheres - entre empresárias e profissionais com cargo de liderança - no encontro "Pessoa e Mulher" promovido pela Azione Consultoria em Porto Alegre.

"A inteligência feminina é diferente da masculina", explica Vera Lúcia Rodegheri, diretora da Azione. "Quando está em forma, a mulher pode antecipar ou facilitar os resultados e criar uma base de ordem em seu ambiente".

Um dos principais aspectos desenvolvidos no encontro foi a responsabilização da mulher. "Elas sabem o potencial que têm, mas não querem assumi-lo, não investem vontade e responsabilidade em sua autoconstrução".

O evento "Pessoa e Mulher" teve apoio da Antonio Meneghetti Faculdade e integra o Projeto Líder Autêntico, desenvolvido junto à Organização das Nações Unidas (ONU) para atingir os 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

 

 
 

Empreendedora que fez sua história

Foram quase 10 anos para organizar sua vida e se tornar uma empresária de sucesso.

A empreendedora Leda Baggio, proprietária da fábrica de tapetes Originale Maison, compartilhou como aplicou os três passos - reeducando a si mesma e a família - para alcançar seu objetivo profissional.

Hoje, a empresa possui lojas em São Paulo, Curitiba e, em breve, em Porto Alegre, além de 15 revendas em diferentes estados do Brasil. Gera emprego e renda para dezenas de pessoas no interior do Rio Grande do Sul e coordena um projeto de empreendedorismo social no qual ensina um ofício a um grupo de jovens - a arte da costura -, além de oferecer palestras e outras oportunidades.

Parte da renda do encontro "Pessoa e Mulher" será revertida para o projeto.

Não se pode deixar o projeto da própria personalidade. Antes de sermos mães ou esposas somos pessoas, e acredito que esta seja a maior responsabilidade de uma mulher. Encontros como este podem oferecer muitos benefícios e crescimento para as mulheres, além de ser um tema instigante: senti as participantes interessadas e participativas nestas questões de interesse comum. Leda Baggio.

 
 

 

Não é fácil realizar eventos como este porque as mulheres têm dificuldade em se responsabilizarem. Porém, neste encontro, todas conseguimos reverter este resultado, e no fim elas demonstraram ter compreendido a importância de sua dimensão na atuação social e iniciar um processo de responsabilização. Vera Lúcia Rodegheri.

 
 
Rua Marquês do Pombal, 1710/ 502 . Higienópolis. Porto Alegre, RS. Brasil.
Tel + 55 51 3342.3291 |
www.azione.com.br